Dieta da Chuva


O Diário
27.12.2007
Editorial
Debaixo d’agua (sic)

As chuvas que caíram sobre (sic) Campos nos dois últimos finais de semana revelam cada vez mais sintomas de inapetência (sic) e farsa política e administrativa no município, onde cerca de R$ 200 milhões foram gastos para obras de emergência contra as enchentes, um (sic) das mais deslavadas mentiras praticadas contra o povo campista nos últimos anos.

O editorialista de O Diável parece ter saído de alguma página de causos do José Cândido de Carvalho, tal é o seu talento para escrever “dificultoso”, como aqueles boçais que esbanjam a esmo “ipsilones e prosopopéias”, encantados como estão pela sonoridade das palavras.

Digam-me, o que “sintomas de inapetência” está fazendo naquele parágrafo? Afinal, ausência de apetite, de vontade de comer; anorexia (ou, por extensão de sentido, falta de desejo) não deve ser problema entre os gestores públicos de um modo geral e, especialmente, em Campos.

Creio que o xucro dos editoriais quis dizer “inaptidão” ou “inépcia”. A propósito, atributos estes supostamente valorizados entre os profissionais da imprensa local, a julgar pela tempestade de asneiras que assola os jornais campistas.

Nelson Rodrigues dizia que a burrice é uma força da natureza. Chove, troveja e relampeja. Protejam-se!

Anúncios

Uma resposta to “Dieta da Chuva”

  1. danillo Says:

    uaahauahuhauaah

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: